AugeSol | Energia com Tecnologia

Automação Residencial

A Automação Residencial já existe há muitos anos e era utilizada basicamente para controle de aparelhos simples (como iluminação, climatização e persianas), e recentemente a idéia do mundo interconectado passou a ser utilizado para diversos aparelhos residenciais.

Um sistema de Automação Residencial possibilita conectar diversos aparelhos em uma central controladora. Esses aparelhos serão programados para serem comandados através de uma interface do usuário, como aplicativo de celular, teclados de parede, displays touch screen, computadores, tablets ou via internet através de uma interface web.

Automação refere-se à possibilidade de programar e agendar eventos para qualquer dispositivo elétrico que esteja integrado em uma rede centralizada. Você pode definir como um equipamento deve agir conforme um evento, como por exemplo, temperatura, horário ou efeito da ação de outro dispositivo.

A partir do momento que você entende as infinitas possibilidades da Automação Residencial, você encontrará diversas soluções úteis para seu dia a dia a fim de tornar sua casa inteligente mais segura, confortável, prática e econômica.

Como funciona a Automação Residencial?

Ter uma Automação Residencial inteligente é poder monitorar, gerenciar e programar diversos eventos de forma remota. Um sistema de automação necessita que todos os equipamentos e dispositivos estejam conectados em uma controladora (central hub), que por sua vez está conectada na sua rede de internet.

Para controlar essa central, você poderá ter uma ou diversas interfaces, como teclados, smartphone, display touch screen e interface web. A funcionalidade da Automação Residencial é personalizada para cada usuário, e poderá atender necessidades de segurança, sustentabilidade, conforto e conveniência.

Por que fazer Automação Residencial ?

A proposta da casa automatizada é facilitar o monitoramento e controle de diversos sistemas da sua casa, através da integração de diversos controles em uma interface intuitiva, seja este o seu celular, displays ou keypads instalados em diversos ambientes da sua residência.

A Automação Residencial não é algo do futuro e para poucos. É uma tecnologia que já faz parte do presente e tem ajudado muitas pessoas a terem uma vida mais confortável, segura, sustentável e prática.

Se olharmos para muitos anos atrás, utilizávamos um sino como campainha. Depois evoluímos para uma campainha elétrica, depois digital, interfone com vídeo e uma campainha inteligente.

Em cada uma dessas fases, talvez pensamos ser desnecessário evoluir. O mesmo acontece com a Automação Residencial, onde nos dias atuais muitas coisas parecem desnecessárias porém certamente serão incorporadas na nossa rotina e se tornará um hábito em nossas vidas.

Você não precisa necessariamente iniciar com um grande projeto de Automação Residencial para toda casa. Você pode começar como equipamentos e dispositivos inteligentes de fácil instalação e sincronização.

Posteriormente você pode integrar todos esses equipamentos em uma central controladora, porém lembre-se de adquirir equipamentos compatíveis e com o mesmo protocolo de comunicação.

Casas Inteligentes

Quando pensamos em uma casa do futuro logo imaginamos um cenário muito distante dos dias atuais, onde tudo é robotizado. Não precisamos ir tão longe para entendermos que a casa do futuro já é uma realidade.

Hoje utilizamos computadores e smartphones como se sempre estivessem em nossas vidas. Quando conectados com a internet, temos uma praticidade e conveniência de fazer tantas coisas que tornam nossas vidas mais fáceis.

A casa inteligente do futuro é composta por equipamentos que utilizam a tecnologia para tornar nossa vida mais confortável, segura, sustentável e prática.

Independente se você tem filhos pequenos, é jovem ou tem mais experiência, já existem diversos equipamentos que podem te ajudar conforme seu perfil e estilo de vida.

Imagine equipamentos que monitoram a qualidade do ar da sua residência, ou que aumentam a segurança para sua família ou até mesmo que te ajudam a cuidar do seu pet e do seu jardim?

A casa inteligente do futuro está sob o seu controle, onde é você quem define o que quer monitorar, enxergar e controlar. Equipamentos que estão conectados na internet ou na sua rede interna de wi-fi, lhe darão informações valiosas para você agir.

Além do conforto e segurança, não podemos deixar de falar em sustentabilidade da casa do futuro. Os equipamentos por si só já são mais eficientes e consumem menos energia, porém quando você tem a visão do quanto está consumindo de energia elétrica e água, pode mudar seus hábitos e rotina.

A Internet das Coisas na Casa Automatizada

IOT

Uma explicação simplificada sobre Internet das Coisas (Internet of Things – IoT) seria a capacidade de diversos produtos, equipamentos, objetos, pessoas, roupas, pets, etc, transferir dados através de uma rede sem a necessidade de intervenção ou interação humana. São dispositivos de computadores integrados, que se comunicam dentro de uma rede, e que podem agir de forma automática.

A Internet das Coisas pode ser aplicada em soluções avançadas como monitores cardíacos e carros inteligentes, como também em coisas básicas do nosso dia a dia.

Imagine uma roupa que possuí um sensor e monitora sua temperatura corporal, ou uma cartela de medicamento que te avisa se você não tomou o remédio no horário correto.

As possibilidades são infinitas. Os dispositivos de IoT coletam dados através de sensores e compartilham dados por meio de uma conexão através internet.

Na casa automatizada diversos equipamentos já estão habilitados com a tecnologia IoT. Equipamentos como iluminação, termostatos, sensores, fechaduras, câmeras, entre outros, já utilizam a IoT para coletar dados e informar ao morador hábitos de consumo, além de possibilitar o controle de forma remota desses equipamentos.

Equipamentos inteligentes também podem ajudar a reduzir o consumo de energia elétrica, mapeando e informando todos os dados de consumo, qual ambiente está gastando mais, onde é possível reduzir, etc.

Segundo a Gartner, aproximadamente 20,8 bilhões de objetos e produtos estarão conectados até 2020, tornando essa tecnologia uma das principais ferramentas nas vidas das pessoas.

Dúvidas Frequentes

Sim, por meio de um inversor fotovoltaico que possa ser conectado à Internet. Dessa forma, é possível acompanhar a produção em tempo real, inclusive por meio de dispositivos móveis, como smartphones e tablets.
Se você tem dúvidas sobre a manutenção, saiba que ela é muito simples e você mesmo pode fazê-la. Basta limpar os painéis solares quando necessário com água e um pano, geralmente uma vez ao ano, ou sempre que a placa ficar muito suja por conta de longos períodos sem chuva.
Não, pois precisa da irradiação solar para a energia ser produzida. A produção, portanto, é feita durante o dia, mesmo quando estiver nublado.
Depende. Se você tiver um no-break com baterias para o armazenamento de energia, ela continuará funcionando. Caso contrário, se o sistema estiver conectado à rede e você não utilizar bateria, você ficará sem energia como nos demais locais.